:: Histórico

O Parque CienTec foi criado para atender as seguintes propostas:

  • MISSÃO: Atuar na difusão da ciência e da tecnologia, de modo a promover o desenvolvimento sócio-econômico do país, instruindo e despertando vocações para aquelas áreas. Ser um centro de excelência para a difusão do conhecimento nas áreas científico-tecnológicas, promovendo seu constante aprimoramento em parceria com centros internacionais, setor privado e o terceiro setor.

  • OBJETIVOS: Participar do desenvolvimento sócio-econômico do país, divulgando a ciência e a tecnologia junto à população de forma descontraída, divertida e interessante, visando despertar nos mais jovens a vocação em seus mais variados temas. Desmistificar o fantasma dos conceitos científicos abstratos e de seus simbolismos utilizando uma linguagem simples e exemplos do cotidiano. Promover a conscientização para o respeito pela natureza, em toda sua plenitude, reconquistando os valores esquecidos.

Em 2001, foi criado o Parque de Ciência e Tecnologia da USP, vinculado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, através do decreto GR 3.313 / 12.14.2001, assinado pelo Magnífico Reitor Adolpho José Melfi.

No ano seguinte, após meses de intenso trabalho de recuperação das áreas ajardinadas, manutenção corretiva de instalações, reparos emergenciais nos edifícios, preparo de exibições e criação de uma infraestrutura básica de atendimento ao público, o Parque CienTec fez sua abertura, no dia 7 de Setembro, data comemorativa da Independência Brasileira.

Inauguração do Parque Cientec - USP
Clique na imagem para ver um Slideshow

Observatório da Avenida Paulista
Clique na imagem para ver um Slideshow

Antes da criação do Parque CienTec, a área abrigou o Instituto Astronômico e Geofísico (IAG) durante aproximadamente 70 anos. Este instituto, por sua vez, teve sua origem no Serviço Meteorológico do Estado de São Paulo, sediado a partir de 1888 na antiga torre no Jardim da Luz, e no Observatório de São Paulo, situado na Avenida Paulista a partir de 1912. O conjunto de edificações históricas surgiu no início da década de 30, em substituição ao edifício da Paulista, para abrigar o Observatório de São Paulo, posteriormente denominado Instituto Astronômico e Geofísico.


As edificações formam um conjunto arquitetônico harmônico cujos componentes, dispostos segundo critérios científicos, a exemplo da orientação, não descaracterizaram o perfil do terreno. As peças gráficas do projeto foram elaboradas pelo próprio diretor da Instituição, o Professor e Engenheiro Alypio Leme de Oliveira. A preservação desses documentos permite constatar a fiel execução do projeto e sua boa conservação ao longo do tempo. Foi desenvolvido segundo uma linguagem "art-deco", tendo o autor se permitido a utilização de colunas com capitel jônico para assinalar os pórticos. Registra-se a presença de algumas manifestações artísticas, como o vitral que compõe a entrada principal e a escultura (de Eugênio Prati) colocada ao centro de uma fonte. Em ambos os casos, evoca-se a musa grega da Astronomia e da Geometria, Urânia.

Projeto Original
Clique na imagem para ver um Slideshow